• Infinite Solutions

O que vem a seguir para o Imobiliário Português



Há um ditado que se diz “Quando a maré baixa, você pode ver quem está a nadar nu”. Quando o mercado está forte, ele cobre muitas fraquezas. Com os juros e a inflação a subir, saberemos em breve quão sólida tem sido a base do mercado imobiliário e, mais importante, quais brokers e agentes construíram um forte negócio. A mudança sempre traz oportunidades para os inteligentes e oportunistas entre nós e, na minha opinião, os seguintes tipos de negócios estão melhor posicionados para o sucesso nos próximos anos.



As estrelas de nicho…

Os brokers e agentes que são conhecidos como os melhores em alguma coisa, ganharão muito nos próximos anos. Quando há menos negócios, o cliente se torna mais poderoso e as pessoas querem trabalhar com os melhores. Se você é conhecido como o melhor agente de luxo ou o melhor agente do comprador, terá mais negócios do que pode lidar nos próximos anos, porque os clientes o procurarão.

Modelos de negócios diversificados…

Escritórios com vários canais de negócios se sairão bem em mercados mais lentos e competitivos. Digo aos meus amigos brokers e agentes que eles devem adicionar serviços de turismo bem como relocation e property management aos seus negócios o mais rápido possível. Quando a última crise imobiliária chegou em 2012, os escritórios que tinham um histórico de trabalhar com clientes corporativos estavam bem posicionadas para o ataque REO que atingiu o mercado. Enquanto alguns brokers estavam a fechar os seus escritórios, outros estavam a expandir as suas operações e a crescer mais do que nunca. Os brokers que possuem uma equipa de profissionais em sua volta tal como de solicitador ou advogado; mortgage broker; currency exchange broker; arquitetura; construção; mudanças e outros serviços estão melhor posicionados para navegar por águas mais traiçoeiras. A diversidade geográfica também ajuda. Os escritórios que estão vinculados a apenas uma economia local são mais vulneráveis ​​dos que se estivessem em vários mercados e assim poderão atura aonde os outros mercados são mais fortes.

Capital e o Efeito Barbell

Os escritórios que administraram bem seu dinheiro quanto a publicidade e marketing, e que possuem sólidas reservas de capital, serão capazes de resistir às mudanças no mercado. O efeito barbell também sugere que escritórios muito pequenos com despesas gerais baixas serão ágeis o suficiente para sobreviver a um mercado mais lento, e escritórios muito grandes com balanços sólidos também se sairão bem, mas todas os outras terão dificuldades. Os escritórios liderados de forma inteligente no meio precisarão correr para um lado da barra ou para o outro. Em outras palavras, fique pequeno e enxuto o mais rápido possível ou fique grande rapidamente… Cresça organicamente usando social media e deixe que o seu cliente avatar procure-o por serviços e não por uma transação!!!


Os fundamentos do setor imobiliário são fortes demais para uma quebra como vimos em 2012. Os proprietários de imóveis têm mais patrimônio do que nunca, e o mercado de hipotecas está muito mais disciplinado do que naquela época. No entanto, a acessibilidade a casa própria por um valor adequado está no nível mais baixo de todos os tempos e o mercado precisa de uma correção. O mercado imobiliário será, sem dúvida, mais difícil, especialmente para o setor de hipotecas, mas uma onda de inovação também está chegando. Os escritórios que melhor entenderem a digitalização e as mudanças na sua demografia serão os vencedores. Acredito que nos próximos anos o Idealista; Imovirtual ou outras plataformas digitais de imóveis irão extinguir-se e dar lugar a uma rede MLS aonde o agente irá verdadeiramente puder servir o seu cliente… Pelo menos desejo e espero que assim o aconteça!!!


Link to schedule call on Calendly:





Digital Business Card:





António Barbosa - REALTOR®

Co-Founder of Infinite Solutions

Always look for the R®!!!

Orgulhoso Membro do:




27 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo